sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A Era do Gelo 4 tem novo trailer

Para divulgar A Era do Gelo 4: Deriva Continental, o Blue Sky Studio está disponibilizando diversos curtas protagonizados pelo esquilo Scrat na Internet. Neste que você confere abaixo, o personagem atrapalhado segue numa incrível aventura - e divertida - aventura submarina.

Dirigido por Steve Martino (de Horton e o Mundo Dos Quem!) e Mike Thurmeier (co-diretor de A Era do Gelo 3), o quarto filme da série estreia mundialmente em 13 de julho - com exceção do Brasil, que recebe o longa de animação duas semanas antes, em 29 de junho (e isso é um grande milagre!).

Na eterna busca pela noz, o personagem Scrat acaba separando os continentes, o que leva ele e a turma formada por Manny, Sid e Diego a explorarem os mares usando um iceberg como barco. Na jornada, se deparam com criaturas marinhas exóticas, piratas e situações novas e complicadas.

Na versão original, Jennifer Lopez, Queen Latifah, Ray Romano e Denis Leary estão entre os nomes que emprestam suas vozes para os personagens do filme. "A era do gelo 4" é o segundo longa da série a utilizar o 3D digital. Enjoy!


Pequenos Espiões novamente adiado!

Pois é, será que Pequenos Espiões 4 realmente vai alcançar as telas de cinemas brasileiros? Parece que a situação está bem complicada, já que o filme teve mais uma vez sua estreia adiada.

Inicialmente previsto para outubro e posteriormente adiado para 13 de janeiro de 2012, agora o longa-metragem apenas chegará aos cinemas tupiniquins em 9 de março de 2012, cerca de sete meses após seu lançamento nos Estados Unidos (19 de agosto).

Como nas produções anteriores, o novo Pequeno Espiões tem como foco uma família de espiões que enfrenta perigos e vilões bem ao estilo James Bond. Tudo começa quando os irmãos Rebecca e Cecil descobrem que a sua madrasta Marissa (Jessica Alba), é na verdade, uma agente secreta!

A missão da moça é derrotar o Cronometrista (Jeremy Piven), que arma um plano para ter o controle do mundo em suas mãos. O vilão consegue controlar o tempo e vai usar isso para destruir a vida de todos. Os irmãos, então, entram em ação para ajudar sua madrasta nessa grande aventura cheia de perigos e muita tecnologia.

Cecil e Rebecca vão contar com as mias fantásticas armas do planeta, como capa da invisibilidade, jatos supersônicos, luvas mega poderosas e até um cão-robô!

O longa conta com as participações especiais de Antonio Banderas, Danny Trejo, Alexa Vega e Daryl Sabara, que participaram dos três primeiros filmes.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Estreia: Lego - As Aventuras dos Clutch Powers.

Outro longa de animação com selo Disney que chega ao Telecine é Lego: As Aventuras dos Clutch Powers. Pela primeira vez, você vai conferir o criativo mundo construtivo em um divertido longa-metragem. Conheça Clutch Powers, o melhor construtor e explorador do universo Lego, e suas perigosas missões.

Em sua nova aventura, ele e sua equipe devem ajudar o legítimo herdeiro do trono a encontrar coragem para recuperar o reino de Ashlar das mãos do feiticeiro Mallock, o Maligno.


O Telecine Premium estreia Lego: As Aventuras dos Clutch Powers no domingo, 08 de janeiro, às 12h10. O Telecine Pipoca apresenta a versão dublada no sábado, dia 28, às 14h30.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Globo de Ouro animado!

Por esses dias foi anunciado os indicados à 69ª premiação do Globo de Ouro. E na categoria Filme Animado, estão na corrida As Aventuras de Tintim, Carros 2 (que eu trocaria por Um Gato em ParisI), Gato de Botas, Operação Presente e Rango. Gnomeu & Julieta concorre ao prêmio de Canção com Hello Hello, de Elton John.

A entrega dos prêmios acontece no dia 15 de janeiro de 2012. Visite o
site oficial do Globo de Ouro para ver a lista completa de indicados.

Estreia: Phineas e Ferb - Através da Segunda Dimensão

Em seu primeiro longa-metragem, os irmãos mais queridos da telinha vivem grandes aventuras e fazem muitas descobertas. Em Phineas e Ferb: Através da Segunda Dimensão, os garotos finalmente descobrem que Perry, seu bicho de estimação, é na verdade um grande agente secreto. Juntos, eles caem em um universo paralelo e encontram uma versão ainda mais malvada do Dr. Doofenshmirtz. Enquanto isso, Candace tenta equilibrar sua vida com seus amigos e namorado.

Phineas e Ferb: Através da Segunda Dimensão
estreia em versão legendada na segunda-feira, 09 de janeiro, às 13h55, no Telecine Premium. A versão dublada você confere na sexta, dia 20, às 18h15, noTelecine Pipoca. Confira abaixo uma entrevista com os criadores da série (Jeff “Swampy” Marsh e Dan Povenmire), publicada originalmente no site da revista Recreio.

Por que o segredo de Perry tinha de ser revelado em Phineas e Ferb Através da 2ª Dimensão?

Jeff:
Tínhamos a sensação de que devíamos contar uma grande história e que esta era a maior história para Phineas e Ferb.


Dan: Sim, íamos realizar um filme, queríamos contar com uma trama que realmente fosse importante e causasse impacto em nossos personagens.


Foi difícil criar uma história bem mais longa, para um filme? Normalmente, os episódios da série são curtos.
Jeff: Bom, realmente sim. Tínhamos um grupo de pessoas destinadas a criar histórias pequenas. Precisamos coordenar um monte de artistas, porque fizemos este filme da mesma maneira que fazemos a série: sem um roteiro completo, mais com uma ideia ou um resumo. Um resumo bem detalhado, mas não passava de um resumo. E devemos ter um grupo de diferentes equipes trabalhando e fazendo a sua parte. Mas, no final, juntar todas essas equipes foi um processo difícil, especialmente pensando no fato de que realizamos esse filme em um ano e meio. Geralmente, os longas levam de quatro a cinco anos para serem realizados.

Do que vocês mais gostavam de fazer quando eram crianças? Como curtiam o verão? Dan: Eu cresci em Mobile, Alabama, e atrás da nossa casa tinha uma floresta enorme. Do outro lado também tinha uma floresta e um enorme buraco no chão, de barro vermelho, do tamanho de um centro comercial e de uns 6 metros de profundidade. Era como ter um pequeno ‘Grand Canyon’, onde todas as crianças do pedaço brincavam, andávamos de bicicleta e curtíamos nossas aventuras. Também construíamos casas nas árvores e fortalezas. Gostávamos de saltar com as bicicletas e fazer piruetas porque naquela época Evel Knievel (um popular motociclista e acrobata) era bastante famoso. Brincávamos ao ar livre todos os dias. Íamos para casa almoçar e saíamos novamente. Era uma área tão segura a ponto dos nossos pais permitirem que adentrássemos na floresta. Realmente víamos coisas incríveis por lá.

Jeff: Meus pais me apoiavam em todas as loucuras que desejava fazer, por exemplo, grandes musicais. Lembro que morávamos em um apartamento e eu tinha convencido todas as crianças do prédio a fazer uma apresentação de Jesus Cristo Superstar. Fazíamos filmes e, como eu sempre tinha acesso às ferramentas da garagem, também criávamos pequenos carros de corrida e modificávamos nossas bicicletas. Eu me divertia bastante fazendo tudo isso e tinha total apoio da minha família. Lembro que uma vez falei para minha mãe: “Quando crescer quero ser um super-herói”. E ela me respondeu: “Posso fazer seu traje? Vai precisar de uma capa? No que posso te ajudar?” Esse tipo de apoio é incrível.

De que tipo de quadrinhos e filmes vocês gostam? Acham que eles influenciaram no filme?


Jeff:
Ah, com certeza somos frutos de Guerra nas Estrelas. E do humor, comédias e aventuras de ação com as quais crescemos. Quando começamos, Dan e eu tínhamos influências dos desenhos animados do Pernalonga e de Alceu e Dentinho. E da saga de Guerra nas Estrelas. Em termos de comédia, Woody Allen, além de algumas cenas de comédias musicais que nós dois adoramos.


Dan: Eu mencionaria também: Monty Python, Guerra nas Estrelas, Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida, Tubarão.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

O Hobbit ganha primeiro trailer!

A tão aguardada nova adaptação da obra de J.R.R.Tolkien, O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (The Hobbit: An Unexpected Journey) finalmente ganhou seu primeiro trailer. A aventura conta a trajetória de Bilbo Baggins, que enfrenta uma jornada épica para retomar o Reino de Erebor, terra dos anões que foi conquistada há muito tempo pelo dragão Smaug.

Após ser abordado pelo mago Gandalf, o Cinzento, Bilbo se une a 13 Anões liderados pelo guerreiro lendário, Thorin Escudo-de-Carvalho.
Essa jornada épica vai levá-los por terras traiçoeiras repletas de Goblins e Orcs, lobos mortais, aranhas gigantes, metamorfos e feiticeiros. Embora seu objetivo encontra-se ao leste, na Montanha Solitária, primeiro eles devem fugir pelos túneis dos Goblins, onde Bilbo encontra a criatura que vai mudar sua vida para sempre... Gollum.

E é sozinho com Gollum, nas margens de um lago subterrâneo, que o despretensioso Bilbo Baggins ganha a posse do "precioso" anel de Gollum. Um simples anel de ouro, que está ligado ao destino de toda a Terra-Média de maneiras que Bilbo não consegue nem começar a compreender.


Ian McKellen retorna como Gandalf, o Cinza; e Martin Freeman faz o protagonista Bilbo Baggins. Também repetindo seus papéis estão Cate Blanchett como Galadriel; Orlando Bloom como Legolas; Ian Holm como o ancião Bilbo; Christopher Lee como Saruman; Hugo Weaving como Elrond; Elijah Wood como Frodo; e Andy Serkis como Gollum.


O longa é
ambientado na Terra-Média 60 anos antes de O Senhor dos Anéis, também obra de Tolkien, que Jackson e sua equipe de filmagem transformaram na bem-sucedida trilogia que rendeu o Oscar de melhor filme para O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei.

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada tem previsão de estreia para 14 de dezembro de 2012. Confira o trailer abaixo.

ParaNorman e seu novo pôster

Depois do primeiro trailer, ParaNorman, ganhou um novo pôster. A animação é assinada por Laika Entertainment em parceria com a Focus Features (empresas responsáveis por Coraline e o Mundo Secreto).

Com história baseada em roteiro original de Chris Butler, o desenho se passa numa pequena cidade do interior que é invadida por zumbis. O pequeno Norman, que possui a capacidade de falar com os mortos, é o único que que poderá dar um jeito nessa situação.


Além dos zumbis, ele vai ter que encarar fantasmas, bruxas e, o pior de tudo, adultos idiotas, para salvar sua cidade de uma maldição centenária. O jovem médium, porém, pode acabar tendo suas atividades paranormais levadas aos limites do o
utro mundo.

Produzido em stop-motion 3D, o filme tem direção de
Chris Butler (supervisor de storyboard em A Noiva-Cadáver e Coraline) e Sam Fell (diretor de O Corajoso Ratinho Despereaux e Por Água Abaixo).

ParaNorman
está previsto para estrear nos cinemas em 17 de agosto de 2012. Confira o pôster abaixo.

Continua chovendo hambúrguer!

Isso mesmo. Você não entendeu errado! Cody Cameron (de O Bicho Vai Pegar 3) e Kris Pearn foram anunciados como os diretores de Tá Chovendo Hambúrguer 2.O animado será o primeiro grande projeto comandado pela dupla, que trabalhou no argumento do primeiro filme. Aos destalhes do filme ainda não foram revelados. Vamos aguardar!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Rise of the Guardians tem pôster revelado

Já imaginou como seria se Papai Noel, Coelho da Páscoa e Fada dos Dentes se unissem para salvar o mundo? Parece bem estranho, né? Mas é isso que acontece em Rise of the Guardians, filme da DreamWorks que acaba de ganhar seu primeiro pôster.

Adaptação de uma série de livros infantis de William Joyce, o filme é sobre um antigo espírito do mal chamado Pitch que viaja por todo o planeta pondo medo nos corações das crianças. Diante dessa situação, um incomum grupo de heróis formado por Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada dos Dentes, Sandman e Jack Frost se reúne para deter o malvado. Unidos contra esse mal, eles vão combinar seus poderes para proteger o mundo dos planos medonhos do terrível vilão.


Rise of the Guardians
tem roteiro de David Lindsay-Abaire e direção do estreante Peter Ramsey. No elenco de vozes, Leonardo DiCaprio, Chris Pine, Hugh Jackman e Alec Baldwin. Confira o pôster abaixo e aproviete para visitar o
site oficial e a página no Facebook do filme. Eu já curti!!

Frankenweenie em novas imagens

A Walt Disney Pictures divulgou por esses dias novas imagens de Frankenweenie, animação stop-motion produzida por Tim Burton (de Alice no País das Maravilhas). O desenho é inspirado no curta homônimo dirigido por Burton em 1984 e conta a história de um garoto chamado Victor Frankenstein que amava seu cão Sparky.

Certo dia, enquanto brincava com ele na rua, o animal é
atropelado e, após muito tempo chorando sua morte, o menino decide ler livros sobre como trazer alguém de volta à vida. Em uma de suas leituras, ele se depara com a obra Frankenstein, que o incita a tentar reviver seu melhor amigo. No início Victor tenta esconder sua criação em casa, mas quando Sparky sai pelas ruas da cidade todos tratam o bichinho como um ser monstruoso.

Produzido em stop motion, com cenários montados em Londres e totalmente em preto-e-branco - detalhe que aprofundará ainda mais o visual som
brio e misterioso que marcam as obras assinadas por Burton -, o desenho conta com vozes de Winona Ryder (de O Homem Duplo), Martin Landau (de Os Fantasmas se Divertem), Martin Short (de Marte Ataca!), Catherine O'Hara (de Onde Vivem os Monstros) e Martin Landau (9 - A Salvação).

Frankenweenie tem previsão de estreia nos cinemas em 9 de março de 2012. Confira as imagens abaixo.

Desenhos clássicos vão ganhar as telas de cinema

Depois de Pica-Pau outros dois clássicos da animação vão ganhar as telas de cinema. Trata-se de Popeye e As Trigêmeas. Confira abaixo.

Os boatos de um novo longa-metragem protagonizado pelo marinheiro corre desde 2009. Parece que agora o projeto esta ganhando força. Jay Scherick e David Ronn (a dupla que levou para as telonas os Smurfs) foram recentemente anunciados como os roteiristas do filme. A animação em 3D conta com produção da Sony Pictures e da Arad Productions.

Popeye surgiu em 1929 em tiras de jornal e no ano seguinte ganhou a primeira adaptação em desenho animado. Vale lembrar que o marinheiro já teve uma versão para os cinemas produzido em 1980 e estrelado por Robin Williams.

Já a versão para as telonas de As Trigêmeas tem assinatura dos estúdios Lux Animation e Cromosoma Animation. Com direção do espanhol Cesc Gay, o filme será lançado em 2014. A trama será baseada na série de televisão criada por Rose Capdevilia e exibida no Brasil pelo Cartoon Network, pela Rede Globo e, senão me engano, pelo canal Futura.

Na história, três irmãs são transportadas pela Bruxa Onilda para várias histórias clássicas, onde acabam participando no desenvolvimento da aventura.

Um curta bem animado!

Nada melhor do que um interessante curta para animar esta segunda-feira chuvosa. Produzido em computação gráfica pelo Aardman Animations (estúdio responsável por Fuga das Galinhas, Wallace & Gromit e Por Água Abaixo), Pythagasaurus acompanha dois homens das cavernas que procuram a ajuda de um poderoso dinossauro matemático para lidar com um vulcão em atividade.

O filmete tem produção de Stephanie Owen e Laura Pepper. Bill Bailey, Martin Trenaman e Simon Greenall integram o elenco de vozes. Confira abaixo e enjoy!


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Madagascar 3 ganha trailer dublado

Alex, Marty, Gloria, Melman e os pinguins malucos vão voltar aos cinemas em Madagascar 3 - Os Proucrados. Por esses dias, o filme ganhou seu primeiro trailer dublado - e está bem divertido!

A turma do zoológico de Nova York, ao lado dos insperáveis amigos Maurice e Rei Julian, continuam tentando voltar à sua amada cidade. Sua jornada os leva à Europa, onde eles encontram seu veículo: um circo viajante. que eles têm certeza que será o caminho mais rápido para casa.

Madagascar 3
tem estreia prevista nas salas nacionais em 8 de junho de 2012. Confira o trailer abaixo.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Cinema: O Gato de Botas

A lembrança mais forte que muita gente tem de Shrek 2 (2004), é a do felino de olhos grandes e melancólicos fazendo cara de coitado e segurando seu chapéu todo encolhido quando queria convencer alguém. Ele, claro, é o Gato de Botas que, finalmente, ganha um filme só seu, que chega aos cinemas brasileiros em cópias dubladas e legendadas – ambos nas versões convencional e 3D.

O personagem criado pelo francês Charles Perrault, no século 17, ganha uma nova roupagem nessa história que combina vários contos de fada com resultado um tanto desigual – favorecendo mais o protagonista, por razões óbvias, e transformando num chato quase insuportável o ovo Humpty Dumpty.


O roteirista Tom Wheeler mistura tudo – gato, ovo, feijões mágicos, gansa dos ovos de ouro – e cria uma história um tanto estranha. O Gato (voz de Antonio Banderas, na versão original) é um fora-da-lei mexicano, cheio de charme e mais cheio ainda de si, criado num orfanato. Seu plano no momento é roubar os feijões mágicos de Jack (Billy Bob Thornton) e Jill (Amy Sedaris), subir ao castelo do gigante nas nuvens e roubar alguns ovos de ouro.


No meio do caminho, conhece Kitty Pata-Mansa (Salma Hayek), outra gata fora-da-lei com o mesmo objetivo, que acaba levando-o ao seu chefe, o misterioso ovo Humpty Dumpty (Zach Galifianakis).

Entra um flashback – um tanto longo – sobre a infância do gato e do ovo que se conheceram no orfanato, onde se tornaram amigos e depois brigaram, tornando-se inimigos.
Humpty Dumpty é, a priori, um personagem dividido por conflitos internos, transitando entre o bem e o mal.

Ele é amigo do Gato, ama-o como irmão, mas, ao mesmo tempo, é seu rival e o odeia por ter sido abandonado no passado. Seria um personagem interessante, mas, por seu desenvolvimento no roteiro, torna-se o chato de plantão.

O Gato, Kitty e seus amigos bichanos garantem uma boa dose de charme para o filme, cujo colorido vibra no 3D eficiente. A história da dupla felina segue linhas convencionais – rivais que se unem para um bem comum e acabam se apaixonando.

O sotaque espanhol do personagem remete ao Zorro – mas isso é só um detalhe numa história em que um gato é irmão adotivo de um ovo e todos levam isso numa boa.
Dirigido por Chris Miller (Shrek Terceiro), Gato de Botas não tem nenhuma ligação direta com os filmes do ogro. O bichano ganha seu próprio filme, que se sustenta por si próprio. Não é tão bom quanto o primeiro Shrek, mas também é melhor do que suas sequências.

alysson oliveira*

* texto do amigo alysson oliveira, publicado originalmento no site cineweb, um endereço bem bacana para os amantes da sétima arte
.

** Mais sobre o Gato de Botas no site da revista recreio e aqui.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Cinema: Operação Presente

Todos os anos no Natal, Papai Noel arma uma sofisticada operação tecnológica para entregar os presentes de 600 milhões de crianças. O que ninguém sabe é como o Bom Velhinho consegue fazer isso numa única noite. O filme Operação Presente tem a resposta para esse grande enigma: ele faz isso com seu incrível e ultramoderno centro tecnológico mantido no Pólo Norte, claro.

Em toda essa operação, Papai Noel é uma figura secundária. Seu filho Steve (na versão original é dublado por Hugh Laurie, da série House) é o encarregado desse sistema e está à espera de ser coroado o substituto de seu velho pai. Mas, quando o último presente de uma menina é esquecido, entra em cena Arthur, o filho caçula, que terá de usar a antiga estrutura de seu pai para realizar essa última e urgente missão. E, acredite, isso vai dar muita confusão.


Operação Presente é a grande aposta deste final de ano e vale a pena ser conferido. Além de contar com uma história bacana e divertida - que deve agradar tanto as crianças como os adultos -, o filme tem um visual encantador!

Na casa do Papai Noel
*
Nesta entrevista, o personagem Arthur conta como é viver no Pólo Norte e ser filho de um cara tão importante!


Qual é a sua conexão com Papai Noel?

Eu sou o filho mais novo dele e descobri isso há pouco tempo.


Mas você não tem barba grande e branca como seu pai...

Já tentei deixar crescer alguns anos atrás. Cinco meses depois, nasceram alguns poucos fios brancos no meu queixo. Só que uma vez eu tropecei nela num corredor de gelo e ela foi arrancada. Nunca mais!


Quais são as outras diferenças entre você e seu pai?

Hum... Eu tenho muito medo de voar nos trenós das renas e viajar em alta velocidade. Também não tenho nenhum senso de direção e sou alérgico à neve. E, como vocês podem ver, sou bem magrinho e minha risada é diferente do “oh oh oh” do meu pai.


O que gosta de ver na televisão?

Bem, eu e os duentes vivemos numa base secreta e temos nossa própria rede de TV. Então, não adianta dizer os programas que assistimos por lá. Vocês não saberiam, pois são exclusivos.


O que o Natal tem de melhor?

É aquele momento mágico quando Papai Noel está por aqui e todo mundo só fala em presentes, renas e duendes. E é muita neve.

Você está feliz com seu trabalho?
Sim. Eu adoro o Departamento de Correio! Ele me deixa em contato direto com as crianças. E, mesmo que Steve discorde, eu acho que o Natal é para elas! No momento em que abro uma das cartas, eu me perco na leitura. Às vezes, escrevo de 20 a 30 linhas como resposta.

Por que você ama tanto o Natal?
Arthur: Não sei. Talvez porque o Natal me aproxima mais do meu pai. Tenho certeza de que ele ma ama, apesar de nem sempre falar isso. Além disso, é uma época mágica, quando Papai Noel está por perto e todo mundo só fala em presentes, renas e duendes. E há muita neve também.


* entrevista publicada na revista recreio

Estreia: Os Muppets

Seja lá quem for que teve a brilhante ideia de ressuscitar os Muppets, merece todos os aplausos do mundo – especialmente porque o novo filme da trupe de bonecos é diversão do começo ao fim. E, a melhor notícia, não apenas para adultos. Há um inegável senso de nostalgia no longa Os Muppets, dirigido por James Bobin – mas o resultado não é melancólico.

Olha para o passado, mas não se esquece do presente e do futuro. Ou seja, das crianças de hoje e da possibilidade de uma franquia que pode, novamente, durar anos. O filme circula em cópias dubladas e legendadas.
Quem via os Muppets décadas atrás na televisão e em alguns filmes vai reencontrar o humor ingênuo, que, por isso mesmo, é capaz de fazer rir.

Os personagens criados por Jim Henson, aliás, são como crianças, com suas tiradas despidas de ironia ou cinismo. Combinado a isso está o despojamento deste longa, em que os personagens não apenas riem de si mesmos, mas também do filme. O único senão da nova versão é que o sapo conhecido no Brasil como Caco agora atende aqui também pelo nome original, Kermit.

Pura bobagem globalizada e desnecessária.
O roteiro é assinado por Jason Segel (Professora sem Classe), que também atua no filme, como irmão de Walter, que seria um Muppet mas, como vive com seu irmão humano, é uma figurinha meio perdida no limbo do existencialismo. Mas isso pouco importa, porque ele é o fã número 1 dos Muppets e fica bastante deprimido quando viaja com o irmão e a noiva deste, Mary (Amy Adams, que há muito não se via tão meiga e engraçada), para a Califórnia, onde pretende visitar o teatro e os estúdios de seus ídolos.

Quando se descobre que a trupe não existe mais, resolvem procurar o sapo e sugerir uma reunião. Isso vem a calhar, porque um barão do petróleo (malevolamente interpretado por Chris Cooper) quer derrubar o teatro, pois há algo de muito precioso em seu subsolo. Para salvar o palco onde foram famosos, os Muppets devem se unir e fazer um Teleton, para arrecadar dinheiro.


A história, claro, é bem simples, mas dessa simplicidade Bobin e companhia conseguem tirar algumas lições de vida – nada didaticamente chato ou panfletário como Happy Feet 2 – e muitas risadas.
O reencontro de alguns personagens é memorável. O urso piadista Fozzie trabalha num show de segunda, que imita os verdadeiros Muppets.

Já Miss Piggy tem a posição que merece: é a editora da revista Vogue francesa. Isso, aliás, resulta num dos melhores momentos do filme: sua secretária é vivida por Emily Blunt, praticamente repetindo seu papel em O Diabo Veste Prada. O elenco também inclui Jack Black, Zach Galifianakis, Selena Gomez e Whoopi Goldberg.


Longe dos efeitos digitais que entulham o cinema infantil, Os Muppets é divertimento retrô que encontra diálogo com adultos e crianças – não necessariamente pelos mesmos motivos. A trilha sonora, diga-se de passagem, está longe do que se esperaria de um filme infantil, com versões para músicas de Paul Simon, Nirvana e Jefferson Starship – mas, e daí, os Muppets nunca foram convencionais mesmo.

alysson oliveira*

* texto do amigo alysson oliveira, publicado originalmento no site cineweb, um endereço bem bacana para os amantes da sétima arte
.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Valente em trailer dublado

A Disney Brasil divulgou trailer dublado da animação Valente, dirigida por Dirigida por Mark Andrews. O filme conta a história de Merida, uma hábil arqueira filha do Rei Fergus (voz de Billy Connolly) e da Rainha Elinor (Emma Thompson).

Determinada a definir seu próprio caminho na vida, Merida decide abandonar seu reino para se tornar uma grande arqueira e guerreira. Suas ações acabam colocando seu reino em perigo. A situação piora quando ela recorre à ajuda de uma excêntrica e velha sábia (Julie Walters) e tem seu desejo concedido.

O perigo que está por vir obriga Merida a descobrir o significado da verdadeira bravura para desfazer uma terrível maldição antes que seja tarde demais.


Valente tem estreia prevista no Brasil em 20 de julho de 2012. Confira o trailer abaixo.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Gato de Botas em terras brasileiras

Você já deve ter ouvido e lido por aí que os atores Antonio Banderas e Salma Hayek fizeram uma passagem pelo Brasil para lançar o filme O Gato de Botas (que estreia no dia 09 de dezembro).

Ao lado do diretor Chris Miller e o produtor Jeffrey Katzenberg, a dupla recebeu a imprensa no dia 18 de novembro, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para coletiva e também entrevistas em mesas rodondas. E "euzinha" estava presente nos dois eventos! Abaixo os melhores momentos das entrevistas.
Enjoy!

Antonio Banderas sobre o Gato de Botas - Ele era um personagem que era pequeno quando apareceu no segundo filme do Shrek, e acabou se destacando. É uma figura da qual gosto muito. Ele é multicolorido, com várias facetas, meio canalha e sem vergonha. Também foi uma escolha interessante dar ao Gato uma voz que não se encaixa em sua imagem frágil.

Antonio Banderas sobre sua maior aventura - Sair de meu país, a Espanha, e, aos 30 anos, tentar carreira de ator nos Estados Unidos. Eu não falava bem inglês e entendia muito pouco sobre a cultura daquele país. Naquela época, eram poucos os atores que conseguiam se dar bem por lá. Mas eu encarei este sonho e hoje aqui estou fazendo este fantástico personagem que é o Gato de Botas.

Antonio Banderas sobre sua relação com gatos
- Tenho quatro gatos em casa. E eles são muito bonitos, gostamos bastante deles!

Salma Hayek sobre seus personagens favoritos quando criança
- Em cada momento, foi diferente. O que mais me pegou foi o Bambi, por causa da morte de sua mãe. Pinoquio me assustava muito por causa daquela história da mentira. E por muito tempo fiquei esperando pelo meu príncipe encantado!

Chris Miller sobre a produção do filme - Optamos por deixar de lado a origem verdadeira do protagonista e criar uma história completamente diferente. Quando vimos que tínhamos uma versão contemporânea do personagem, percebemos que poderíamos nos liberar. Ele (o Gato) é perfeito para o formato 3D, pois é pequeno e tem essa personalidade imponente. Conseguimos ver o mundo pelos seus olhos. Criamos uma trama que funciona também em 2D, mas fica muito melhor no novo formato.

Antonio Banderas sobre a voz do Gato
- O normal seria ter uma voz condizente com o tamanho do personagem, mas nós fomos na direção oposta, criando uma voz profunda, grandiosa. Depois fomos atrás da criação do personagem. O personagem foi crescendo, participou dos filmes 2, 3 e 4 da série Shrek e agora estamos aqui, com o filme solo. E já penso numa continuação.

Jeffrey Katzemberg sobre o cinema 3D - O mercado de 3D cresceu muito nos últimos 3 anos e teve saltos com Avatar e Como Treinar seu Dragão e também sofreu quando viu filmes não tão bons, que afugentaram o público, que não gostou da ideia de pagar a mais por eles. Parece que Hollywood aprendeu a lição e está fazendo filmes que realmente valham a pena. Recebemos muitos elogios com o Gato de Botas e hoje em dia você vê ainda cineastas como Spielberg e Scorsese fazendo trabalhos usando o 3D. O mercado brasileiro tem muito espaço para crescer. Temos aqui 450 salas contra 4 mil salas nos Estados Unidos. O futuro para o público que gosta de cinema no Brasil é espetacular. Sabemos da importância do Brasil, por isso estamos aqui.

Banderas sobre a dublagem em outros idiomas
- Além da versão original em inglês, também gravei uma versão em espanhol e uma em italiano. Mas não me atrevi a fazer a versão em português. Adoro a língua, mas não tenho ainda como me aventurar por aí.

Salma Hayek sobre a dublagem -Também dublei para o espanhol e o italiano. A próxima vez faremos a dublagem em português e os gatos vão sambar. O filme é parecido com a vida real, porque nele a gata sai para salvar o macho, tal qual acontece normalmente na vida real.

Antonio Banderas sobre seus novos trabalhos - O cinema proporciona estilos e formas diferentes. Gato de Botas é divertido e tem muito brilho. Depois, vamos para A Pele que Habito [parceria com Pedro Almodóvar], que é escuro, denso. Como ator, o que mais gosto é achar esses personagens. Filmes são arte. São criação de algo. É a possibilidade de ser deus, como disse Almodóvar uma vez.

Salma Hayek sobre dublagem
- Prefiro ver os filmes no seu som original, com legendas. É difícil superar a interpretação original. Mesmo com as animações. Quando gravamos a voz original, estamos criando os personagens. Tudo é gravado com câmeras, onde são captados os maneirismos e tudo mais. Já quando dublamos, temos que nos preocupar em fazer as falas caberem nos movimentos dos lábios e ali alguma coisa sempre se perde.

Antonio Banderas sobre a importância do Gato - Talvez as pessoas possam pensar que o filme é uma espécie de continuação de Shrek, mas não é. Tem mais de Sam Peckinpah e Sergio Leone do que uma continuaçao de Shrek. E eu considero o Gato de Botas um personagem importante na minha carreira, pois foi justamente o sucesso dele na franquia Shrek que fez com que o felino ganhasse um filme próprio. Talvez as pessoas possam pensar que o filme é uma espécie de continuação de Shrek, mas não é. O Gato tem sua própria personalidade e potencial e o filme é novo, diferente e tem segue seu próprio caminho.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Oscar e animações

Para quem ainda não viu, a The Academy of Motion Picture Arts and Sciences (Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood) anunciou a lista oficial com os 18 filmes inscritos na categoria de Melhor Longa de Animação no Oscar 2012. Os 5 fnalistas serão divulgados somente no início do próximo ano. Minha torcida já fica aqui registrada para O Gato de Botas, Rango, Rio, Um Gato em Paris e As Aventuras de Tintim.

A 84ª edição do prêmio acontecerá em 26 de fevereiro de 2012, no Kodak Theatre. Confira abaixo os inscritos.


As Aventuras de Tintim
Alois Nebel

Alvin e os Esquilos 3

Operação Presente

Carros 2
Um Gato em Paris

Chico & Rita
Gnomeu & Julieta
Happy Feet 2: O Pinguim

Deu a Louca na Chapeuzinho 2

Kung Fu Panda 2

Marte Precisa de Mães
O Gato de Botas

Rango

Rio

Os Smurfs

O Ursinho Pooh

Wrinkles

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Cinema: Happy Feet 2 - O Pinguim

A animação Happy Feet 2: O Pinguim segue a mesma fórmula do filme original de 2006, no qual o protagonista Mano precisava aprender a sapatear. Aqui, é o filho dele, o pequeno Erik, que tem fobia das dancinhas do seu grupo e é incapaz de se adequar a uma coreografia. E qual a diferença entre uma coisa e outra? Em 100 minutos de filme, que circula somente em cópias dubladas, isso não fica muito claro. A maior ambição recai sobre o visual 3D.

Esse bem-explorado visual 3D é a grande (senão a única) justificativa da existência do filme. O colorido, os detalhes da paisagem gélida da Antártida e do oceano tentam compensar a falta de imaginação da narrativa, altamente previsível. Assim, o diretor George Miller (de Babe, o Porquinho) até consegue varrer para debaixo do tapete de gelo a deficiência do roteiro.


Happy Feet 2: O Pinguim apóia-se naquele alicerce básico que sustenta a maioria dos filmes infantis: seja você mesmo e será feliz. Nada contra essa máxima, até porque faz certo sentido. Mas bem que se poderia procurar algo mais criativo a dizer às crianças ou uma forma melhor, mais sutil, de transmitir essa mesma mensagem.

Não é apenas o pequeno Erik (Yago Machado, na versão brasileira; Ava Acres, na versão original) que descobre a si mesmo. Há também o próprio pai, Mano (Daniel de Oliveira/Elijah Wood) e o krill Will (Sérgio Stern/Brad Pitt). No fundo, o filme é uma sessão coletiva de autodescoberta e aceitação numa embalagem fofinha.

Erik e uma dupla de amigos vão atrás do pinguim latino Ramón (Guilherme Briggs/Robin Williams) e conhecem um pinguim capaz de voar. Quando um acidente ecológico deixa isolada toda a turma de pinguins imperadores, o pequenino, seus amigos e seu pai é que tentarão salvá-los.

É uma trama um tanto deslocada, que aparece do meio para o final do filme para enriquecer um pouco o roteiro. Contam também com a ajuda do pinguim-guru Amoroso (Sidney Magal/Robin Williams, novamente).


A dupla de krills é o detalhe de maior graça e originalidade do longa. Talvez merecessem um filme só deles, retratando como um ser na base da cadeia alimentar se esforça para se tornar um predador assustador. A exibição em 3D, aliás, ajuda a dar uma grandiosidade à dupla, transformando os minúsculos invertebrados em seres gigantescos e interessantes.

alysson oliveira*

* texto do amigo alysson oliveira, publicado originalmento no site cineweb, um endereço bem bacana para os amantes da sétima arte

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ParaNorman em seu primeiro trailer

Enquanto estive fora do planeta, correu pela internet o primeiro trailer de ParaNorman, animação assinada por Laika Entertainment em parceria com a Focus Features (empresas responsáveis por Coraline e o Mundo Secreto).

Com história baseada em roteiro original de Chris Butler, o desenho se passa numa pequena cidade do interior que é invadida por zumbis. O pequeno Norman, que possui a capacidade de falar com os mortos, é o único que que poderá dar um jeito nessa situação.


Além dos zumbis, ele vai ter que encarar fantasmas, bruxas e, o pior de tudo, adultos idiotas, para salvar sua cidade de uma maldição centenária. O jovem médium, porém, pode acabar tendo suas atividades paranormais levadas aos limites do outro mundo.


Produzido em stop-motion 3D, ParaNorman tem direção de
Chris Butler (supervisor de storyboard em A Noiva-Cadáver e Coraline) e Sam Fell (diretor de O Corajoso Ratinho Despereaux e Por Água Abaixo).

ParaNorman está previsto para estrear nos cinemas em 17 de agosto de 2012. Confira o trailer abaixo.

Estreia: Kung Fu Panda - Lendas do Dragão Guerreiro

Chegou ontem, dia 23, no Nickelodeon a nova série Kung Fu Panda: Lendas do Dragão Guerreiro (todas as quartas, às 18h), um desenho inspirado nas aventuras do urso Po. A animação, claro, acompanha Po em seus treinamentos para se tornar um grande herói nas artes marciais.

O atrapalhado panda está agora vivendo um momento único em sua vida – ele assumiu novas responsabilidades e tem novos adversários. Po agora é o líder dos Cinco Furiosos e, ao lado da Tigresa, do Macaco, da Garça, do Louva-A-Deus, da Víbora e do Mestre Shifu, irá encarar muitos perigos, aventuras e diversão na telinha.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Os Muppets viram personagens de Crepúsculo

Depois de brincar com vários filmes em seus trailers, como Lanterna Verde, os bonecos de Os Muppets agora estampam divertidos cartazes como se fossem os protagonistas da saga Crepúsculo.

Na história, Walter, que é um grande fã dessa turma, quer evitar uma grande tragédia: a destruição do Teatro Muppets por um vilão que deseja demolir o local para encontrar petróleo em seu solo.
Para salvar o teatro, Walter precisa ajudar Kermit (o sapo Caco, que, no filme, ficou com o seu nome americano) a conseguir dinheiro.

E único jeito é reunir novamente a galera de bonecos para realizar um
grandioso show. Mas não vai ser uma tarefa tão fácil. Todos os Muppets agora seguiram caminhos diferentes. Fozzie tem uma banda e Piggy virou editora de moda de uma revista…

Os Muppets
estreia nos cinemas no dia 02 de dezembro. Confira os pôsteres abaixo.

* texto publicado originalmente no blog da revista recreio

Pica-Pau nos cinemas?

Se você, como eu, andou fora do planeta por umas semanas, saiba que nesses últimos dias muita coisa bacana aconteceu no mundo da animação. Então, aos poucos, vou começar a postar as novidades mais interessantes e também as estreias do mês.

A primeira, é o burburinho que tomou conta da rede sobre uma possível versão cinematográfica do desenho Pica-Pau para os cinemas. Ao que tudo indica, o responsável pela proeza será o estúdio Universal, o mesmo de Meu Malvado Favorito. A ideia é tentar criar uma história que modernize o personaggem, possivelmente transformando-o numa franquia cinematográfica.

John Altschuler e Dave Krinsky, que escreveram para série O Rei do Pedaçõ e trabalharam no ainda inédito - e lendário - longa-metragem de Os Jetsons, devem cuidar do roteiro do filme.

O Pica-Pau surgiu na década de 1940 como figurante de Andy Panda, no episódio Knock Knock. Embora tenha virado febre nos anos 1940 e 1950, o personagem só ganhou um show próprio em 3 de outubro de 1957. Desde então, o desenho teve muitas versões. A útlima foi produzida entre 1999 e 2003.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Estreia: Pop Pixie

O sucesso das fadas de O Clube das Winx está rendendo frutos. Tanto que ganhou um spin off (série derivada). Pequenas personagens que aparecem na segunda temporada do desenho original agora protagonizam a nova produção Pop Pixie, que estreia dia 05 de novembro, às 8h30, no Nickelodeon.

Num mundo mágico em miniatura, gnomos, elfos, fadas e animais falantes fazem parte do reino encantado das Pixies. A cidade de Pixiville é onde essas criaturas fofas vivem, cercadas de magia e em muita harmonia com a natureza. Cada uma delas têm um poder diferente.

Claro que nem tudo é um mar de rosas. Nessa cidade vivem também alguns duendes que insistem em aprontar e fazer confusão. Os Pixies deverão usar seus poderes mágicos para ajudar os outros e manter a paz na cidade. Confira um vídeo do desenho abaixo.

Gato de Botas sai na frente nas bilheterias!

Muita gente acreditava que o implacável caçador de ogros fosse ter uma vida curta no cinema após a franquia Shrek ter perdido força. Mas aquele olhar tristinho - que eu tanto amo (rs) - realmente conquistou o mundo! O Gato de Botas estreou em primeiro lugar nos Estados Unidos, deixando para trás favoritos como Jogos Mortais III.

Em parte, isso se deve às boas críticas que o filme recebeu, como a que recebeu do
Film.com. Segundo o especialista William Goss, “O Gato de Botas é agradável o suficiente para validar sua própria existência. O personagem pode estar aqui para salvar o dia, mas o filme só está aqui para passar o tempo e ele faz isso muito bem”. Em outra, com certeza, deve-se ao carisma do personagem.

Dirigido por Chris Miller (de Shrek Terceiro), o animado narra a hilária e corajosa história das primeiras aventuras do Gato (voz de Antonio Banderas), antes de ele se tornar amigo de Shrek. O felino está em meio a um plano para roubar a valiosa e famosa gansa dos ovos de ouro.


Para isso, ele se une ao mentor Humpty Dumpty (Zach Galifianakis) e à esperta e durona Kitty Patamansa (Salma Hayek). De quebra, o trio acaba salvando o dia! E esta é a verdadeira história do gato, do mito, da lenda… e das botas.


O Gato de Botas
estreia nos cinemas nacionais no dia 09 de dezembro.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Da minha coleção...



Esta animação foi feita pela empresa Seteoito para o pessoal do Clube do Menu (que oferece em seu site uma espécie de "praça de alimentação online"). Achei interessante e bem diferente das animações que costumo postar por aqui. Lá no endereço da Seteoito, você pode conferir outros vídeos realizados pela agência.

Estreia: As Crônicas de Nárnia - A Viagem do Peregrino da Alvorada

Os irmãos Lúcia (Georgie Henley) e Edmundo Pevensie (Skandar Keynes) estão de volta para mais uma incrível aventura em As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada, que estreia dia 29 de outubro, sábado, às 22h, no Telecine Premium.

Dessa vez, eles chegam à Narnia através de um quadro, acompanhados do primo Eustáquio (Will Poulter). Caspian (Ben Barnes) não entende porquê os reis retornaram ao reino, já que seu mundo mágico está em paz. Começa, então, a saga desse grupo por cinco ilhas misteriosas, procurando pelas espadas encantadas dos sete Lordes de Telmar.

Um capítulo com personalidade própria, cheio de batalhas, magia, referências bíblicas e muita emoção, gerada pela amizade entre os personagens.


Inspirado em livro do irlandês C.S. Lewis,
As Crônicas de Nárnia - A Viagem do Peregrino da Alvorada foi a 12º maior bilheteria de 2010, arrecadando 415 milhões de dólares. Leia mais aqui.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Gato de Botas em pôster animado

A animação Shrek rendeu filmes de grandes bilheterias ao parodiar os contos de fadas e incluir personagens conhecidos da literatura infanto-juvenil na trama. E um deles fez tanto sucesso que acabou ganhando um filme só para ele: O Gato de Botas.

Depois de protagonizar irônicos traillers, o felino mais fofo do planeta aparece num divertido pôster animado, em que quase perde a pose por causa de um foco de luz!

Dirigido por Chris Miller (de Shrek Terceiro), o animado narra a corajosa história das primeiras aventuras do Gato (voz de Antonio Banderas), antes de ele se tornar amigo de Shrek. O felino está em meio a um plano para roubar a valiosa e famosa gansa dos ovos de ouro.

Para isso, ele se une ao mentor Humpty Dumpty (Zach Galifianakis) e à esperta e durona Kitty Patamansa (Salma Hayek). De quebra, o trio acaba salvando o dia! E esta é a verdadeira história do gato, do mito, da lenda… e das botas.

O Gato de Botas tem previsão de estreia nos cinemas nacionais em 9 de dezembro, em 3D e 2D. Confira o cartaz abaixo (é lindo... ok, sou suspeita para afirmar isso!)

The Lorax tem seu primeiro trailer

A nova animação inspirada em livro de Dr. Seuss (de Horton e o Mundo dos Quem e O Grinch) ganhou seu primeiro trailer. The Lorax conta a jornada do garoto Ted, que procura a única coisa que poderá fazer com que ele conquiste o coração da garota de seus sonhos, a bela Audrey.

Para encontrá-la, ele tem que descobrir a história do Lorax, a zangada e charmosa criatura que luta para proteger seu mundo. A sinopse ainda e provisória.


A história original tem como foco a luta do Lorax para proteger a floresta dos avanços do capitalismo e da ganância e foi escrita em 1971.


Chris Renaud (de Meu Malvado Favorito) assume a batuta da direção. Danny DeVito empresta sua voz ao personagem Lorax, enquanto Ed Helms (de
Se Beber Não Case) faz Once-ler. Rob Riggle, Zac Efron, Betty White também estão no elenco de dubladores.

A estreia do desenho está prevista para 02 de março de 2012, data do aniversário de Theodor Geisel Seuss, que morreu em 1991. Confira o trailer abaixo.


Estreia: Lucky Fred

Um menino de 13 anos chamado Fred vive aventuras que jamais sonhou na nova série animada Lucky Fred, que estreia dia 01 de novembro, terça, às 13h, no Nickelodeon. Tudo começa quando um robô espacial cai no telhado de sua vasa e acaba parando em seu quarto no meio da noite.

Fred se torna o feliz proprietário do robozinho, que tem um superpoder: ele pode se transformar em qualquer coisa.

Com 52 episódios de 11 minutos de duração cada, a animação é uma criação de Myriam Ballesteros (de Lola & Virginia) e um dos maiores projetos do estúdio canadense Oasis Animation. A empresa colaborou na animação de episódios de Arthur e Caillou e é responsável pela da série Walter e Tandoori, título já exibido por aqui pelo Cartoon Network.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Faroeste para crianças

Um gatinho xerife promete encantar as crianças em breve. Ele é personagem da nova série animada Oki’s Oasis, que já está sendo produzida pelo Disney Junior. No primeiro faroeste animado voltado para crianças em idade pré-escolar, o gato xerife Oki garante que o povoado de Nice and Friendly Corners continue sendo o lugar mais amigável do oeste.

Para manter a ordem, ele conta a ajuda do pica-pau Peck. Juntos, eles trabalham com afinco para manter a paz, quando surgem os problemas, ambos se encarregam de resolvê-los rapidamente. Ao seu lado também estão Kiko, o doce assistente de Oki, um adorável cacto otimista que sempre está disposto a dar uma força para quem precisa.

A estreia da série está prevista para 2013 nos canais e blocos da programação do Disney Junior em todo o mundo. Cada episódio traz histórias de 11 minutos com duas canções originais e tramas que exoploram conceitos sobre como ser um bom amigo e vizinho, o valor do perdão, da honestidade e de compartilhar.

Percy Jackson novamente nos cinemas

Para você que é fã do herói Percy Jackson, uma boa notícia! O filme inspirado nos livros de Rick Riordan vai ter uma continuação e já tem até data marcada para estreia. Mar de Monstros deve chegar aos cinemas americanos no dia 27 de março de 2013.

Na nova aventura, Percy e seus amigos encaram uma nova missão: encontrar o Velocino de ouro, o único artefato mágico capaz de proteger o Acampamento Meio-Sangue da destruição. No caminho, eles deparam com seres fantásticos, perigos e situações inusitadas.


Antes de tudo, porém, o herói precisará confrontar um mistério atordoante sobre sua família – algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrível maldição.


Thor Freudenthal (de
Diário de um Banana) foi contratado para comandar a sequência. Scott Alexander e Larry Karaszewski (de O Agente Teen) roteirizam. Por enquanto, o elenco se mantém como no orignal, Ladrão de Raios.

Julie e os Fantasmas na televisão

Como muitas meninas de sua idade, Julie (Mariana Lessa) adoraria ser cantora. E ela até tem talento. O problema é que sua timidez e sua insegurança a impedem de realizar seu grande sonho. Um pouco de magia e uma colaboração extra direto do além vão ajudar a garota a encarar seus medos na nova série brasileira Julie e os Fantasmas (exibida nos canais Nickelodeon, todas as quintas, 19h30; e na Band, todas as segundas, às 20h25).

Tudo começa quando Julie tem uma crise de pânico em sua primeira apresentação. Ela perdeu a voz no palco na frente de todos os alunos de seu colégio.


Cheia de vergonha, ela se tranca e em seu quarto e encontra um antigo disco de uma banda que nunca ouviu falar. Ao tocar o tal disco, ela liberta os fantasmas desse grupo que foram presos lá por meio de um feitiço. A partir daí, sua vida muda totalmente.


Confira abaixo uma entrevista que fiz com a atriz Mariana Lessa para a Revista Recreio. Mari, como gosta de ser chamada, teve de passar por nada mais que seis testes para conseguir o papel. E deu certo!

A Julie é seu primeiro papel principal?

Sim e estou adorando interpretá-la.


Você já trabalhava como atriz antes de fazer o seriado?

Eu atuo desde que nasci! Meus pais são atores e sempre me incentivaram bastante. Ainda bebê eu participava em novelas no colo dos meus pais e depois comecei a fazer comerciais para a televisão.


Então, ser atriz sempre foi um sonho?
Sim. Nunca me imaginei fazendo qualquer outra coisa...


Sua personagem canta numa banda. Você também é cantora?

Não. Antes da série, eu só no chuveiro!


Você fez aulas de música e canto?

Eu já tocava violão antes da série. Quando soube que passei nos testes, comecei a fazer aulas de canto para poder interpretar melhor a personagem.


Você se acha parecida com a sua personagem?
Como a Julie, eu gosto muito de música e não ligo para o que os outros falam. Também sou bem moleca e nunca fui aquele tipo de menina que usa salto e essas coisas. Gosto mesmo de usar tênis, de subir em árvores... Enfim, me divertir!


E qual o gênero de música que você mais gosta?
Gosto de todo tipo de música, desde sertanejo até rock e pop.


Na série, canta com uma banda de fantasmas... Você tem medo de fantasmas?

Definitivamente, não! Imagina ter medo dos meus próprios amigos.

* texto publicado originalmente na revista recreio, edição 606

Simpsons e outros animados em especiais do Dia das Bruxas

Como acontece em todos os anos e já virou uma tradição, a família de pele amarela mais famosa do planeta comemora o Halloween ao lado de outros personagens animados na Fox. Do dia 28, sexta, ao dia 30, domingo, o canal exibe, sempre às 20h, quatro episódios temáticos de Os Simpsons, seguidos por filmes animados de grande sucesso. Confira a programação abaixo.

Monsters vs. Aliens: Mutant Pumpkins from Other Space
(dia 28, às 22h) - Susan Murphy e os monstros trabalham como agentes especiais do governo dos Estados Unidos. Pouco antes do Halloween, a equipe é convocada para investigar algumas inocentes abóboras transformadas em peças decorativas do Dia das Bruxas, mas que, na verdade, são alienígenas mutantes.

O Susto de Shrek (dia 28, às 22h30) - Shrek desafia o Burro, o Gato de Botas e seus demais amigos a passarem a noite num castelo assombrado com histórias aterrorizantes para descobrir quem é o mais corajoso.

As Crônicas de Spiderwick (dia 28, às 23h) - Quando a família Grace se muda de Nova York para o velho casarão de um tio-avô, Arthur Spiderwick, fatos estranhos começam a acontecer. Misteriosos desaparecimentos e acidentes ocorrem diariamente, o que intrigam os irmãos Jared, Simon e Mallory. Eles decidem investigar a casa e encontram um livro mágico, que os leva a um mundo repleto de criaturas mágicas e, às vezes, perigosas.


Monster vs. Aliens (dia 29, às 22h) - No dia de seu casamento, Susan se envolve num acidente com um estranho meteorito e se transforma numa gigantesca criatura de 15 metros. Ela acaba sendo capturada pelo exército e confinada numa base secrfeta, onde estão alojados outros monstros: dr. Barata, Elo Perdido, B.O.B. e Insectossauro. Todos deveriam permanecer isolados da sociedade, mas um súbito ataque alienígena faz com que o presidente dos Estados Unidos aceite o plano de libertá-los para que possam combater o novo inimigo.

Pequenos Invasores
(dia 30, às 22h) - Os Pearsons formam uma família comum que só deseja desfrutar de suas merecidas férias. O problema é que no sótão da casa onde eles irão passar as férias existem quatro alienígenas nada dispostos a deixá-los em paz. Começa aí uma guerra entre os Pearsons e esses pequenos seres.