quinta-feira, 4 de junho de 2009

In memoriam: David Carradine

Conhecido pela série de televisão Kung Fu e por seu papel nos filmes Kill Bill, o ator David Carradine foi encontrado morto nesta quinta-feira, dia 04, no quarto de seu hotel em Bangcoc, informou a rede de televisão ABC. Carradine tinha 72 anos e estava no país asiático rodando o filme Stretch, do francês Charles de Meaux. O ator faleceu no hotel Nai Lert Park três dias antes do fim das gravações, segundo a produtora MK2, responsável pelo longa. Ele foi encontrado dependurado em uma corda dentro do armário do quarto.

Carradine é o filho mais velho do lendário ator John Carradine, e faz parte de uma família toda de atores, que inclui ainda seus irmãos, filhas e sobrinhas. Ele ganhou destaque após estrelar The Deputy, na Broadway, nos anos 60. Atuou em um dos primeiros filmes de Martin Scorsese, Boxcar Bertha (que no Brasil ganhou a tradução de Sexy e Marginal), de 1972, em Esta Terra É Minha Terra (1976), de Hal Ashby, pelo qual foi indicado para o Globo de Ouro em 1977, e O Ovo da Serpente (1977), de Ingmar Bergman, entre muitos outros.

Criada por Bruce Lee, a série Kung Fu foi indicada a sete prêmios Emmy apenas em sua primeira temporada; Carradine foi premiado em 1973 por sua atuação contínua no seriado como o o mestre de artes marciais Kwai Chang Caine. Nos dois filmes Kill Bill (imagem acima), de Quentin Tarantino, ele interpretou o personagem título, que é morto pela personagem de Uma Thurman com "o golpe dos cinco pontos que explodem o coração".

De acordo com o site IMDB, especialista no mercado de cinema, Carredine deixa sete filmes inéditos prontos, que atualmente se encontram em fase de pós-produção. O ator tinha por hábito trabalhar em muitas produções por ano e em seu currículo constam mais de 200 filmes e seriados de TV que tiveram sua participação. No final dos anos 70, teve sua carreira prejudicada pelo abuso de álcool e drogas.

(shirley paradizo*)

* com fonte do g1

3 comentários:

Zeus disse...

Realmente é uma grande perda para o cinema mundial,ele era uma grande ator.
Eu quando criança não perdia um filme dele como o mestre do Kung Fu,ele foi uma dos maiores entre os grandes de sua época,lamentável.

shirley paradizo disse...

apesar de ele não ter ligação com o mundo das animações, decidi colocar o post pela sua importância para o cinema e televisão... realmente uma morte boba e lamentável!

abs

robertodenser.com disse...

Lamentável... eu estava na casa da minha noiva quando vi a notícia no jornal e fiquei sem clima o resto da noite. Na hora, deram a impressão de ter sido suicídio, mas depois fui pesquisar mais a fundo e vi que a polícia descarta essa possibilidade. Sem dúvidas, como disse o senhor do Olimpo, é uma grande perda.