sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Cinema: O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes

Um grilo azul e seus amigos gafanhoto (Rafael) e besouro (Bituquinho) são os principais personagens da nova animação nacional O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes, que estreia dia 9, sexta, nos cinemas. O personagem foi criado pelo diretor de cinema e TV Walbercy Ribas em 2001, no filme O Grilo Feliz. Nesta sequência, ele divide a direção com seu filho, Rafael Ribas.

A história começa quando Rafael e Bituquinho descobrem fósseis de insetos gigantes. O que eles não sabem é que Verdugo, um louva-a-deus que trabalha como entregador de pizza, também ficou sabendo da novidade e trama algo maldoso por trás disso tudo. Em meio a essa descoberta, várias tramas se desenrolam simultaneamente.

O Grilo Feliz ensaia sua nova canção para o Festival da Primavera, enquanto a vilã Trambika, uma louva-a-deus gigante, atrai crianças para trabalharem de graça para ela e o sapo Netão, que vive em uma favela com seu grupo de rap, tenta gravar um CD.

O roteiro aposta na discussão de temas como trabalho infantil, crianças moradoras de ruas e a comercialização de CDs piratas. Repleto de mensagens, como a valorização da amizade e da solidariedade - retratadas de uma maneira um pouco óbvia, entretanto -, o filme pode cansar os adultos e as crianças maiores. Para os pequenos, a diversão fica por conta principalmente da turma de sapos, como no trecho em que eles se disfarçam de borboletas e joaninhas para invadir o Festival da Primavera e atrair uma nova cantora para o grupo.

E fica por conta dos pais concordarem ou não em passar mensagens policitamente corretas, desta forma, aos filhos. Para a trilha sonora, a escolha ficou por canções brasileiras, bem conhecidas do público, como Amor Maior, do Jota Quest (interpretada no filme pelo Grilo Feliz e sua parceira, Pétala), e Festa, de Ivete Sangalo, que encerra a história com a turma toda em cima de um trio elétrico - depois, é claro, dos vilões serem devidamente punidos.

Exibição: a partir do dia 9, sexta

Classificação: livre

* Texto de Simone Tinti, publicado originalmente no site da revista Crescer

5 comentários:

Luzinha disse...

eu gosto muito de animação. depois até compro os games e jogo no play2 que nem criança! kkkk...
adorei este teu blog e vou voltar mais!

bjus!

Diários Animais disse...

Shirley!

Nós do Diários Animais, agradecemos sua visita! Colocar-se como seguidora de nosso blog, foi um ótimo elogio, pois o blog é feito com muito carinho.

Aqui, nosso agradecimento explícito:

http://diariosanimais.blogspot.com/2009/01/juca-agradecimento.html

Obrigado, lambidas e arrulhos!

Gato Juca, Pombo João e Cadela Nina

Nathália Pimentel disse...

Ahhh.. o Grilo Feliz =)
Tenho um filhinho de 6 anos que curtiu muito o Grilo quando tinha uns 2 aninhos.. assistimos diversas vezes, incansavelmente.
Ele amava. Aí um dia desses estávamos passeando pelo shopping e vimos o poster desse novo. Eu fiquei toda empolgada e mostrei pra ele, que até gostou.. mas devo confessar: eu me empolguei mais do que ele..rs

De qquer forma, tô querendo assistir com ele.. eu gosto dessa forma de ensinar às crianças por exemplos que elas já reconhecem.

Adorei seu blog.. também adoro animação, principalmente depois da maternidade... já que sou praticamente obrigada a acompanhar a maioria rsrs Mas é uma obrigação prazerosa para mim. Parabéns pelo seu cantinho aqui.
Virei sempre!

Ahh.. vi que vc me adicionou no seguidores.. obrigada! Tô só começando por lá.. espero que você goste!

Bjinhos e boa semana

Bia disse...

Adorei esse filme! Mas é tão diferente do original...

Anônimo disse...

EU VI ESSE FILME 7 VEZES NO CINEMA
DE TÃO BOM QUE ERA